quinta-feira, 17 de maio de 2012

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Data Especial

A equipe da Escola Estadual “Jerônimo Rosado” parabeniza a nossa Diretora Maria de Fátima Rocha pelo seu aniversário neste 08 de maio. Você que tem colaborado incansavelmente com esta instituição de ensino, há mais de vinte anos e em sua terceira gestão, vem demonstrando o seu carinho e zelo por esta escola. Que Deus ilumine seus passos e que você seja sempre esta pessoa bondosa, carismática e competente. Felicidades!

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

ESCOLA REFORMADA


A Escola Estadual “Jerônimo Rosado” está inovada, a reforma que esperávamos há tantos anos está sendo concluída e a mesma ficou limpa e bonita. Os professores, os alunos e todos que fazem parte desta escola estão felizes com o retorno das atividades.
O ESTADUAL, como é conhecido pela maioria dos mossoroenses é uma escola de tradição na cidade, a maioria das pessoas já estudaram aqui. Realmente estávamos necessitando dessa inovação, pois a população clamava por esta ação dos governantes, até que em no decorrer de 2010 e 2011 aconteceu a tão esperada reforma.
Não temos palavras para expressar nossa felicidade!

segunda-feira, 13 de junho de 2011

A Origem dos Festejos Juninos!



A origem da Festa Junina no Brasil e suas influências
Junho é o mês de São João, Santo Antônio e São Pedro. Por isso, as festas que acontecem em todo o mês de junho são chamadas de "Festa Joanina", especialmente em homenagem a São João.

O nome joanina teve origem, segundo alguns historiadores, nos países europeus católicos no século IV. Quando chegou ao Brasil foi modificado para junina. Trazida pelos portugueses, logo foi incorporada aos costumes dos povos indígenas e negros.
A influência brasileira na tradição da festa pode ser percebida na alimentação, quando foram introduzidos o aipim (mandioca), milho, jenipapo, o leite de coco e também nos costumes, como o forró, o boi-bumbá, a quadrilha e o tambor-de-crioula. Mas não foi somente a influência brasileira que permaneceu nas comemorações juninas. Os franceses, por exemplo, acrescentaram à quadrilha, passos e marcações inspirados na dança da nobreza européia. Já os fogos de artifício, que tanto embelezam a festa, foram trazidos pelos chineses.

A dança-de-fitas, bastante comum no sul do Brasil, é originária de Portugal e da Espanha. Para os católicos, a fogueira, que é maior símbolo das comemorações juninas, tem suas raízes em um trato feito pelas primas Isabel e Maria. Para avisar Maria sobre o nascimento de São João Batista e assim ter seu auxílio após o parto, Isabel acendeu uma fogueira sobre o monte.
No Nordeste do país, existe uma tradição que manda que os festeiros visitem em grupos todas as casas onde sejam bem-vindos levando alegria. Os donos das casas, em contrapartida, mantêm uma mesa farta de bebidas e comidas típicas para servir os grupos. Os festeiros acreditam que o costume é uma maneira de integrar as pessoas da cidade. Essa tradição tem sido substituída por uma grande festa que reúne toda a comunidade em volta dos palcos onde prevalecem os estilos tradicionais e mecânicos do forró.
http://www.arteducacao.pro.br/Cultura/junina.htm#Festa%20Junina

segunda-feira, 9 de maio de 2011

HOMENAGEM AS MÃES!


Retrato de Mãe

"Uma mulher existe que, pela imensidão de seu amor, tem um pouco de
Deus, e muito de anjo pela incansável solicitude dos cuidados seus;
uma mulher que, ainda jovem, tem a tranqüila sabedoria de uma anciã e,
na velhice, o admirável vigor da juventude;
se de pouca instrução, desvenda com intuição inexplicável
os segredos da vida e, se muito instruída age
com a simplicidade de menina;
uma mulher que sendo pobre,
tem como recompensa a felicidade dos que ama, e quando rica, todos os
seus tesouros daria para não sofrer no coração a dor da ingratidão;
sendo frágil, consegue reagir com a bravura de um leão;
uma mulher que, enquanto viva, não lhe damos o devido valor,
porque ao seu lado todas as dores são esquecidas; entretanto
quando morta, daríamos tudo o que somos e tudo o que temos para vê-la de
novo ao menos por um só momento, receber dela um só abraço,
e ouvir de seus lábios uma só palavra.
Dessa mulher não me exijas o nome, se não quiseres
que turve de lágrimas esta lembrança,
porque... já a vi passar em meu caminho.
Quando teus filhos já estiverem crescidos, lê para eles estas palavras.
E, enquanto eles cobrem a tua face de beijos, conta-lhes que um humilde
peregrino, em paga da hospedagem recebida, deixou aqui para todos o
esboço do retrato de sua própria mãe."
Autor Desconhecido.

quinta-feira, 28 de abril de 2011

CELEBRANDO A PÁSCOA!

No dia 20/04/11, a E.E. JERÔNIMO ROSADO, celebrou a Páscoa com todos os seus funcionários. Na ocasião, houve leituras de textos, seguidas de reflexão sobre o sentido da morte e da vida, mensagens sobre a páscoa e o partilhamento de um lanche pascal, ofertado por todos os membros da escola. O evento intensificou o sentido de união de toda a equipe escolar.

segunda-feira, 25 de abril de 2011